Frente Parlamentar Evangélica lança o plano “O Brasil para os Brasileiros”
24 de outubro de 2018
Reeleição para cargo de Conselheiro Tutelar está na pauta da CCJC
12 de novembro de 2018

Sóstenes trabalha para aprovação de projeto que assegura guarda religiosa de alunos

O deputado Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ), um dos membros mais atuantes da bancada evangélica, anunciou que trabalha para o avanço do Projeto de Lei 2171/2003, destinado a resguardar a liberdade de consciência e de crença religiosa.

O texto dispõe sobre a aplicação de provas e a atribuição de frequência a alunos impossibilitados de comparecer à escola em certos dias, como os adventistas e judeus.

“Tenho conversado com o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (RJ), e há grande probabilidade de aprovarmos um requerimento de urgência já apresentado para o PL 2171/03, logo depois do segundo turno das eleições e, em seguida, já devemos passar à votação do projeto”, revelou Sóstenes.
O pedido de urgência para a matéria foi assinado pelo líder do Democratas na Câmara, deputado Rodrigo Garcia (SP).

“O Estado é laico e, como tal, deve respeitar as religiões. Eu não sou adventista, nem judeu, mas defendo que se respeite a fé deles”, emendou Sóstenes.

A proposta defendida pelo deputado carioca assegura ao aluno requerer à escola em que esteja regularmente matriculado, seja ela pública ou privada, e de qualquer nível de ensino, que lhe sejam aplicadas provas em dias não coincidentes com o período de guarda religiosa. A escola, por sua vez, fixará data alternativa para a realização da obrigação acadêmica.

O projeto também abre a possibilidade do aluno solicitar que o conteúdo da aula perdida, pelos motivos expostos, seja ministrado em outro dia e horário, ou que possa desenvolver avaliações alternativas, como um trabalho escrito ou pesquisa acadêmica, determinadas pela escola.

*colaboração da Assessoria de Imprensa do Democratas
Compartilhe